Loading...

O Tempo dos Assassinos


Votos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de UtilizadoresVotos de Utilizadores
Seja o primeiro a votar, clique na pontuação que deseja atribuír. Registe-se para votar.

Sinopse

Em 1927, na cave de um sórdido prédio de Brooklyn, Henry Miller ouvia pela primeira vez o nome de Rimbaud. Anos depois, em Los Angeles, escrevia febrilmente versos do poeta nas paredes da casa que habitava, e, em 1945, surgiam as primeiras linhas d’O Tempo dos Assassinos (1946), um dos mais apaixonantes estudos sobre o poète maudit. Em plena era atómica, no precipício da aniquilação, a identificação entre os dois gigantes da literatura subversiva foi fulminante, e Miller ouvira em Rimbaud o apelo de um profeta do colapso da civilização, de um pária como ele, revendo-se na revolta contra o mundo, nas adversidades e na itinerância do seu escritor predilecto. Fundindo biografia e reflexão, O Tempo dos Assassinos, a pretexto da vida de Rimbaud, explora a função social e os dilemas do artista de génio, que se recusa a ceder a uma era em que a sociedade sufoca o vital instinto criador.

Comentários

Precisa de se registar para aceder aos comentários.

Voltar

Top 10 de vendas

Novidades

Questão

Qual a secção do Portal da Literatura de que mais gosta?

Livros 46.33 %
Poesia 17.51 %
Também Escrevo 14.12 %
Escritores 10.73 %
Pensamentos 3.95 %
Adivinhas 2.26 %
Editoras 2.26 %
Provérbios 1.69 %
Vídeos 1.13 %

177 voto(s) até ao momento

Para poder votar é necessário estar registado no Portal da Literatura.
Registe-se

Este website contém 2822 autores e 6869 obras.